Subscribe Us

header ads

Contra mudança em plantões, médicos da UPA de Ipirá pretendem entregar cargos


por Ailma Teixeira
Contra mudança em plantões, médicos da UPA de Ipirá pretendem entregar cargos
Foto: Manu Dias / Governo da Bahia
Os cerca de 12 médicos que trabalham na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) de Ipirá se organizam para pedir demissão coletiva neste sábado (1º). A medida é uma forma de protesto  contra a decisão da prefeitura de alterar o esquema de plantão, deixando apenas um clínico-geral na unidade no turno da noite.

Atualmente, dois profissionais dividem o plantão diário, cuja média é de 250 atendimentos. 

"Ontem, a cooperativa [Mais Vida] que intermedia disse que ligaram pra implementar isso já no dia 1º", contou um dos médicos da unidade, em condição de anonimato, ao Bahia Notícias. 

Segundo ele, os servidores tentaram reverter a mudança, mas foram informados pela cooperativa que a prefeitura já havia batido o martelo sobre o assunto.

Além de apontar que é “humanamente impossível” para um profissional dar conta desse esquema de plantão, a fonte destaca a carência de insumos e outros profissionais, a exemplo de enfermeiros, porteiros e segurança. Como consequência, a população sai prejudicada, já que o Hospital Municipal da cidade está com a parte clínica fechada em decorrência da redução de funcionários.

Estado da UPA 2h de Ipirá (Foto: Leitor / BN)

"Isso vai sobrecarregar os profissionais e a população vai sofrer com a redução de médico. Imagina só, a gente faz tudo, de baixa a alta complexidade. Tiro, AVC, internamento...", desabafa.

A proposta de aumento da carga horária também não contempla qualquer aumento de salário, segundo o médico. Atualmente, os profissionais ganham R$ 1,8 mil por plantão.

O Bahia Notícias entrou em contato com a secretária de Saúde do município, Priscilla Blumetti de Oliveira, que pediu que este site retornasse a ligar depois das 14h. Entretanto, feito isso, nos foi informado que a secretária se encontrava em reunião. O canal segue aberto para o posicionamento da prefeitura, quando ele vier.


Fonte Bahia Noticias

Postar um comentário

0 Comentários