Subscribe Us

header ads

Obscuridade política: Notícia de candidatura única em Baixa Grande-Ba é Fake





Após veiculação de uma notícia Fake em um site da região da Bacia do Jacuípe, a população de Baixa Grande-Ba, exige respeito com a comunicação.
Está circulando em diversas mídias sociais, uma notícia concernente ao próximo pleito eleitoral da cidade de Baixa Grande-Ba. Um publicação totalmente sem nexo, e que mais parece “missa encomendada” com o objetivo de provocar tumulto nos bastidores da política local.
A notícia tenta passar para os eleitores locais, bem como para os leitores de que a cidade poderá ter candidatura única.
“Todos os baixagrandenses sensato sabem que o bom de votos na cidade é Dr Heraldo, atual prefeito, e isso é uma realidade reconhecida até pelo mais ignorante dos seus adversários políticos. Por tanto, o que se percebe com esta notícia sem “pé e sem cabeça” é a clara intenção de pressionar, e ao mesmo tempo tocar terror nos munícipes indecisos ou insatisfeito com alguma coisa.
A população não deve ceder a este tipo de comportamento de quem quer que seja, pois a regra simples de qual dá a notícia, mesmo que seja de vinte confiável, é checa-la antes de sua publicação. É preciso consultar as partes, todos na em Baixa Grande sabem que certamente ocorrerá a candidatura de alguém por parte do governo municipal, seja uma possível reeleição de Dr Heraldo, ou um indicado por ele, além da possibilidade da terceira via aventada desde o ano passado quando um nome novo entre o delegado da cidade Dr Almir Góes, e o empresário Beto de Tito pontuou como prováveis vencedores contra Gilvan e Pedro principalmente na zona rural. Todas estas possibilidades reais não foram checadas por todos que divulgaram a notícia de provável candidatura única de Gilvan e Pedro. O estranho é que na matéria do Caboronga Notícia, coloca Pedro e Gilvan juntos num momento, e separados em outro, mas fala em candidatura única, então qual dos dois seriam?” Declarou Clarivaldo Pessoa.
Qualquer ativismo em site oficial, público ou particular é desinformação, desserviços aos leitores. É preciso seriedade na comunicação dos fatos.
Esclarecemos que pesquisas precisam estar registradas para a devida divulgação dos dados estatísticos. Por isso não fornecemos os números, por se tratar de pesquisa para consumo interno. Estas não tem a obrigatoriedade de registro em órgão competente.
“Se você não quer ser notícia, não deixe que o fato ocorra!”
CB Notícias, em um segundo tudo pode mudar!
 Fonte site conecção Baiana

Postar um comentário

0 Comentários