Subscribe Us

header ads

Eleições 2020: Próximo prefeito de Serrinha terá grandes desafios orçamentários


A tranquila cidade de Serrinha destaca-se pela hospitalidade com que recebe seus visitantes. Segundo dados do IBGE, a cidade tem população estimada em 80.861 pessoas (2019) e densidade demográfica de 122,97hab/km² (2010). O município está localizado na Mesorregião do Nordeste Baiano a 173km de Salvador. O próximo prefeito terá o grande desafio de administrar a receita própria do município, que é de apenas R$ 16.379.979,20 (2018).
Os cofres municipais mantêm a saúde financeira basicamente pela transferência de recursos, que gira em torno de R$ 241.213.391,58. A receita total é de R$ 257.593.370,78. O salário base do prefeito Adriano Lima (PP) e de R$ 17.000,00. O vice, Adalberto Dutra Rocha, tem salário de R$ 8.500,00      
Economia -  Serrinha possui hotéis, bares e restaurantes para todos os tipos de gostos por  estar acostumada a abrigar grandes eventos. Em 2017, o salário médio mensal era de 1.6 salários mínimos. A proporção de pessoas ocupadas em relação à população total era de 12.3%. 
Na comparação com os outros municípios do estado, ocupava as posições 269 de 417 e 61 de 417, respectivamente. Já na comparação com cidades do país todo, ficava na posição 4225 de 5570 e 2755 de 5570, respectivamente. 
Considerando domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa, tinha 46.9% da população nessas condições, o que o colocava na posição 328 de 417 dentre as cidades do estado e na posição 1896 de 5570 dentre as cidades do Brasil.
No setor de bens minerais é produtor de argila, granito, manganês e ouro. Sua agricultura se expressa na produção de manga, caju e cajá. Na pecuária, destacam-se os rebanhos ovinos e suínos, além da criação expressiva de galináceos.
Educação e Cultura - Em 2018, os gastos com Educação foram de R$ 58.635.784,59. Em 2017, o município gastou R$ 4.557,70  por aluno e teve um resultado de 3,4 no IDEB.  Com base nos resultados da Prova Brasil 2017, é possível calcular a proporção de alunos com aprendizado adequado à sua etapa escolar:
- 19% é a proporção de alunos de escolas municipais que aprenderam o adequado na competência de leitura e interpretação de textos até o 5º ano na rede municipal de ensino. Dos 1.019 alunos, 194 demonstraram o aprendizado adequado;
- Já 9% é a proporção de alunos que aprenderam o adequado na competência de resolução de problemas até o 5º ano na rede municipal de ensino. Dos 1.019 alunos, 95 demonstraram o aprendizado adequado.
Saúde - Em 2018, os gastos com Saúde foram de R$ 10.987.830,67. A taxa de mortalidade infantil média na cidade é de 13.16 para 1.000 nascidos vivos (2017). As internações devido a diarreias são de 1.5 para cada 1.000 habitantes(2016). Comparado com todos os municípios do estado, fica nas posições 258 de 417 e 191 de 417, respectivamente. Quando comparado a cidades do Brasil todo, essas posições são de 2327 de 5570 e 1887 de 5570, respectivamente.
Religião - Segundo dados do Censo de 2010, 59.597 pessoas são adeptos da religião católica apostólica romana; 8.655 são evangélicos; e 639 são espíritas.
Saneamento - Apresenta 49.1% de domicílios com esgotamento sanitário adequado, 35% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização e 3.2% de domicílios urbanos em vias públicas com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio). Quando comparado com os outros municípios do estado, fica na posição 100 de 417, 373 de 417 e 242 de 417, respectivamente. Quando comparado a outras cidades do Brasil, sua posição é 2270 de 5570, 4705 de 5570 e 3813 de 5570, respectivamente.
Violência - Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde divulgados em 2013 (data do último levantamento), o município registrou 35,30 óbitos por 100 mil habitantes (a média nacional é de 26,99 por 100 mil).

Fonte Bnews

Postar um comentário

0 Comentários