Subscribe Us

header ads

Em um ano, cai em 9% número de denúncias contra médicos na Bahia


Em um ano, cai em 9% número de denúncias contra médicos na Bahia
Foto: Divulgação
O número de denúncias realizadas contra médicos na Bahia caiu cerca de 9%, passando de 529 para 483, de 2018 para 2019, de acordo com dados compilados pelo Tribunal de Ética Médica (TEM) do Conselho Regional de Medicina. As informações levantadas pela Correição do TEM foram apresentadas aos conselheiros e servidores do Conselho na última sexta-feira (24).

Para o corregedor do Cremeb, José Abelardo de Meneses, a redução reflete um retorno positivo das ações de capacitação e conscientização realizadas pelo Conselho e a formação de novos médicos no estado.

O número de sindicâncias, no entanto, foi parecido: 398 (2018) e 394 (2019). Já a quantidade de processos ético-profissionais instaurados no ano passado foi de 110 casos, resultando em uma queda de aproximadamente de 7%, com relação a 2018.  

Em 2019 foram julgados 223 processos ao longo de 2019, envolvendo 354 médicos. Destes, 160 (45%) foram apenados: 43 com advertência confidencial (12%), 59 (17%) com censura confidencial em aviso reservado, 47 (13%) com censura pública em publicação oficial, 9 (2,5%) com suspensão do exercício profissional por até 30 dias e 2 (0,5%) profissionais tiveram a cassação do exercício profissional, cujas decisões ainda não transitaram em julgado. Os outros 55% restantes (194 médicos) foram absolvidos por falta de evidências de infração ética ou por ter provado não haver infração.

Fonte Bahia Noticias

Postar um comentário

0 Comentários