Subscribe Us

header ads

Prefeita de Capela promete acionar justiça contra Tony Salles

@vs_noticias


 • PREFEITA DE CAPELA PROMETE ACIONAR A JUSTIÇA CONTRA TONY SALLES . • Após a confusão com o cantor Tony Salles, a prefeita de Capela, no Leste de Sergipe, Silvany Mamlak (PSC) afirmou que pretende processar o vocalista da banda Parangolé. Em vídeo compartilhado em redes sociais, nesta segunda-feira (3), a chefe do Executivo Municipal afirmou que é “inadmissível” pagar R$ 130 mil por 30 minutos de show, sendo que a banda foi contratada para se apresentar por 1h30. ➡ A banda se apresentou na Festa de Nossa Senhora da Purificação, padroeira do município. Segundo a prefeita, a apresentação estava prevista para 4h da madrugada deste domingo (2), mas a o show só começou às 5h25. ➡ Segundo o AjuNews, assim que desembarcou da van, o cantor foi advertido pela prefeita por causa do atraso. Ela ainda chegou a dizer que ele nunca mais se apresentaria na cidade. Apesar do ocorrido, o cantor se apresentou. Depois, em suas redes sociais, o artista publicou um vídeo. 🗣 Em resposta, a assessoria de Tony afirmou: “O show de ontem (02/02) na cidade de Capela - Sergipe aconteceu dentro do previsto e que o atraso de 1h havia sido comunicado com antecedência à produção do evento. Os momentos que precederam o show foram de ofensas e agressões aos componentes da banda, por parte dos contratantes. As agressões foram diversas, como as verbais que iniciaram quando os artistas ainda estavam dentro da van e continuaram até o início do show, até as agressões físicas, a exemplo de um copo com bebida atirado no cantor Tony Salles, que reagiu com xingamentos ao agressor visivelmente bêbado e alterado. A Banda Parangolé e Tony seguiram com o planejado, em respeito e gratidão ao público que os seguem e os aguardavam”.

Postar um comentário

0 Comentários