Subscribe Us

header ads

APÓS 30 DIAS NA CADEIA,RONALDINHO GAÚCHO E IRMÃO VÃO PARA PRISÃO DOMICILIAR



Irmãos cumprem prisão domiciliar em hotel e são proibidos de sair do país



Detidos desde o dia 6 de março, Ronaldinho Gaúcho e o irmão, Assis, conseguiram a concessão do juiz do Paraguai, na terça-feira (7), para que possam cumprir a pena em prisão domiciliar após pagarem uma fiança de US$ 1,6 milhão de dólares (cerca de R$ 8,4 milhões). Ambos estão hospedados em um hotel no centro de Assunção e proibidos de deixar o país.
Segundo o juiz Gustavo Amarilla, os responsáveis pelo hotel permitiram que a prisão dos ex-jogadores fosse cumprida no local. De acordo com o jornal do Paraguai “ABC Color”, os irmãos ficarão em quartos diferentes.
Ronaldinho e Assis passaram mais de 30 dias presos no quartel da Polícia Nacional do Paraguai, Agrupación Especializada, por entrarem no país com documentos paraguaios adulterados. O crime também envolveu o empresário Wilmondes Sousa, acusado de fornecer os passaportes, e um funcionário público paraguaio, que teria apresentado vários documentos à Direção de Migração do Paraguai para que os irmãos fossem naturalizados.

Fonte:VN

Postar um comentário

0 Comentários