Subscribe Us

header ads

Bahia possui 1 respirador para cada 4,5 mil habitantes


Bahia possui 1 respirador para cada 4,5 mil habitantes
Foto: Reprodução/iStock
Se os baianos tivessem que disputar um respirador, a briga seria no mínimo desleal. Isso porquê a proporção entre o número de habitantes no estado e a quantidade de equipamentos é de 1 para cada 4.562.

O estado possui cerca de 14,8 milhões de habitantes, segundo informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre a população estimada em 2019. Enquanto dados atualizados do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (Cnes-Datasus) indicam que a Bahia possui 3.260 respiradores em funcionamento. O número considera equipamentos do Sistema Único de Saúde (SUS) e aqueles Não-SUS.

A cada baiano que usar um repirador, outros 4,5 mil ficam sem acesso ao equipamento | Arte: Priscila Melo / Bahia Notícias

Ao considerar apenas os equipamentos para manutenção da vida do sistema público de saúde, o total é de 2.614 e equivale a 80%. 

Os dados acendem um alerta, já que o mundo inteiro está em uma verdadeira corrida e enfrenta dificuldade para adquirir novos respiradores. Os equipamentos são considerados essenciais no tratamento de casos graves da Covid-19, infecção causada pelo novo corovírus e que ataca os pulmões e provoca insuficiência respiratória. O governo baiano teve uma compra de 600 respiradores frustrada após intervenção dos EUA, que reteve a carga em Miami. No entanto, a gestão estadual já adquiriu novas unidades e aguarda recepcionar os equipamentos. 

APENAS 5% DOS RESPIRADORES ESTÃO DISPONÍVEIS
A situação se torna ainda mais delicada ao observar os dados de disponibilidade dos equipamentos. O Cnes revela que 95% dos respiradores da Bahia não estão disponíveis. Ou seja, dos 3.260 totais, 3.100 já estão em uso.

O cenário é semelhante ao considerar apenas os respiradores do SUS. Dos 2.614 do estado, 94% estão em uso.

DISTRIBUIÇÃO DESIGUAL
Outro dado preocupante é de que quase metade dos respiradores baianos estão concentrados em uma única cidade: Salvador. A capital possui aproximadamente 3 milhões de habitantes e 1.623 equipamentos. O que da uma proporção de 1 para cada 1,8 mil habitantes. Salvador também centraliza quase 68% dos leitos de UTI de todo o estado, ao dispor de 1.872 vagas (saiba mais aqui).

Ao considerar apenas os respiradores do SUS na capital, o número total é de 1.215. O índice de disponibilidade dos equipamentos segue a tendência estadual e é apenas de 5%, uma vez que 1.155 deles atualmente estão em uso.
Fonte : Bahia Noticias

Postar um comentário

0 Comentários