Subscribe Us

header ads

Crescimento da Covid-19 em Feira está abaixo da média da BA, afirma Colbert


Crescimento da Covid-19 em Feira está abaixo da média da BA, afirma Colbert
Foto: Reprodução / Ascom
De todas as cidades baianas que estão em situação crítica com a pandemia, Feira de Santana é a que apresenta um dos melhores desempenhos no controle da doença, conforme garante o prefeito Colbert Martins Filho. Ele destaca inclusive que Feira tem uma vulnerabilidade incomparável com as demais cidades, pois se trata do maior entroncamento rodoviário do Nordeste e, portanto, extremamente favorável à circulação do vírus.

“Diariamente, dezenas de pessoas de várias regiões do Brasil circulam por Feira, em automóveis, ônibus e caminhões. Essa característica que não existe em nenhuma cidade da Bahia era para colocar Feira na triste liderança de número de casos. Muito pelo contrário: nosso município está entre os últimos em casos e letalidade”.

O prefeito Colbert Martins considerou “descabidas, desrespeitosas e anti-éticas” as afirmações do secretário de Saúde do Estado, Fábio Villas-Boas (veja aqui), tentando responsabilizar Feira de Santana pelo aumento de casos na Bahia.  

“Dados estatísticos da própria Secretaria de Saúde do Estado mostram que estamos agindo com muita responsabilidade. O secretário tem acesso a esses dados e, portanto, está sendo desrespeitoso quando os despreza. Além disso, ele está desprezando totalmente essa condição geográfica de Feira de Santana, totalmente favorável a uma grande proliferação do vírus, o que não vem acontecendo”, afirmou o prefeito.

Quanto às afirmações do secretário, que  disse que o município deu "exemplo de erro" ao abrir o comércio. Colbert lembrou que apenas parte das lojas e empreendimentos funciona e mesmo assim com série de restrições para evitar a disseminação do coronavírus. 

O prefeito feirense destacou que entre os dias 21 de abril - quando houve flexibilização para o comércio - e 14 de maio, a taxa de crescimento de casos na Bahia foi de 362,4%. No mesmo período, Feira teve um acréscimo de 126,2%%. Ou seja: o aumento dos casos na Bahia foi quase o triplo do registrado em Feira de Santana.
Fonte Bahia notícias

Postar um comentário

0 Comentários