Subscribe Us

header ads

Auxílio de R$ 600 negado poderá ser contestado a partir de segunda-feira

Atendimento na Defensoria Pública da União será online


partir de segunda-feira, 22 de junho, quem teve o cadastro negado para o auxílio emergencial de R$ 600 poderá contestar o resultado. As contestações poderão ser feitas na Defensoria Pública da União (DPU), sem atendimento presencial.
A novidade foi criada numa parceria entre a Defensoria Pública da União e Ministério da Cidadania. Para evitar aglomerações e contaminação por Covid-19, a Defensoria está atendendo apenas por meio virtual. As formas de atendimento em cada estado brasileiro podem ser vistos no site oficial do órgão.

acordo visa resolver os problemas de quem teve o auxílio de R$ 600 negado por meio administrativo, sem que seja necessário judicializar o processo. Podem ser solucionados casos de pessoas que tiveram o cadastro negado por banco de dados desatualizados, por exemplo.
De acordo com o Ministério da Cidadania, a Dataprev recebeu mais de 120 milhões de solicitações de auxílio emergencial de R$ 600. Até agora, 98,6% do total já foram processados. Foi liberado R$ 83,2 bilhões de recursos. O cadastro para o auxílio está aberto até dia 2 de julho.
Atualmente, os beneficiários do Bolsa Família estão recebendo a terceira parcela. O governo já afirmou que pode estender o benefício para uma quarta e quinta parcelas. O valor das novas parcelas ainda não foi definido.
Fonte Noticias Concurso.

Postar um comentário

0 Comentários