Subscribe Us

header ads

Secretaria de Assistência Social de Baixa Grande orienta como identificar prática de abuso sexual e como denunciar


A próxima terça-feira (18), é marcada por um dia muito importante: o Dia de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças, Adolescentes e a Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) e o Conselho Tutelar traz informações importantes sobre o combate ao Abuso sexual:


*Quando ocorre o abuso sexual:*


O abuso sexual ocorre quando uma pessoa acaricia sexualmente a outra sem o seu consentimento ou a obriga a ter relações sexuais, utilizando meios emocionais e / ou agressões físicas.


Além disso, é também considerado abuso quando o agressor expõe seu órgão sexual ou realiza masturbação em frente à vítima, sem que exija consentimento. Outras formas de abuso sexual são quando uma pessoa obriga a outra a acariciar seus órgãos genitais ou a presenciar conversas com conteúdos sexuais, assistir atos sexuais ou espetáculos obscenos, filmes ou tirar fotos da vítima nua para mostrar aos outros.


*Vítima pode apresentar sinais e sintomas de abuso sexual*


A vítima que foi violada sexualmente pode não apresentar sinal físico, no entanto, a grande maioria apresenta os seguintes sinais e sintomas:


- Mudança no comportamento como ocorre quando a pessoa era muita extrovertida e passa a ser muito tímida;


- Fugir do contato social e preferir ficar sozinho;


- Choro fácil, tristeza, solidão, angústia e ansiedade;


- Quando a vítima é uma criança ela pode até mesmo adoecer ou fugir do contato com os outros;


- Inchaço, vermelhidão, laceração ou fissuras nas partes íntimas;


- Perda do controle da urina e das fezes devido a fatores emocionais ou frouxidão dos músculos desta região devido ao estupro;


- Coceira, dor ou corrimentos anal e vaginal;


- Marcas roxas pelo corpo e também nas partes íntimas;


- Sintomas de doenças sexualmente transmissíveis.


Pais, responsáveis, parentes e familiares podem ajudar a proteger suas crianças e adolescentes, ao tomar conhecimento de qualquer ato de violência e exploração sexual, denuncie, faça bonito, ligue 100. 


*ASCOM — Prefeitura de Baixa Grande*

*Competência, Trabalho e Desenvolvimento*

 

Postar um comentário

0 Comentários