Subscribe Us

header ads

Na TV, Bolsonaro reafirma Copa América no Brasil e diz que governo joga "nas 4 linhas da Constituição"

 




  Por: Anderson Riedel/PR  Por: Eliezer Santos

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) reiterou, em pronunciamento em rede nacional nesta quarta-feira (2), que Brasil sediará os jogos da Copa América e que a decisão do governo federal acontece “dentro das quatro linhas dentro da Constituição”.

“Seguindo o mesmo protocolo da Copa Libertadores e da Eliminatórias da Copa do Mundo, aceitamos a realização no Brasil da Copa América. O nosso governo joga dentro das quatro linhas dentro da Constituição”.

A competição estava prevista para acontecer na Argentina e Colômbia, mas os país declinaram por causa da iminência de uma terceira onda da pandemia entre argentinos e em função de protestos que se avolumaram na Colômbia.    

Durante o pronunciamento, o presidente repetiu sua posição contrária a medidas restritivas de circulação de pessoas usadas por estados e municípios e pontuou que o Brasil passou “a integrar a elite de apenas cinco países que produzem vacina contra a Covid no mundo”, ao mencionar o acordo de transferência de tecnologia para a produção do imunizante no País entre a Astrazeneca e a FioCruz. Segundo ele, 100 milhões de doses de vacinas distribuídas a estados e municípios.

Bolsonaro ainda citou recursos federais destinados para o auxílio emergencial e socorro a empresas. 

“O nosso governo não obrigou ninguém a ficar em casa, não fechou o comércio, não fechou igrejas ou escolas e não tirou o sustento de milhões de trabalhadores informais. Destinamos, em 2020, R$ 320 bilhões para o auxílio emergencial para atender aos mais humildes. Esse montante equivale a mais de dez anos de Bolsa Família. E mais de R$ 190 bilhões para ajudar estados e municípios”.


Por BNews

Postar um comentário

0 Comentários