Subscribe Us

header ads

APLB marca reunião para categoria decidir sobre retorno às aulas semipresenciais

 


[APLB marca reunião para categoria decidir sobre retorno às aulas semipresenciais]
  Por: Divulgação  Por: Redação BNews

A APLB-Sindicato realizará, nesta sexta-feira (16) às 10h, uma reunião com trabalhadores da Educação do Estado da Bahia, das redes estadual e municipais, para debater se os profissionais manterão a decisão de só retornar às aulas semipresenciais somente após a imunização da categoria. O evento será virtual e ao vivo, transmitido através dos canais da entidade no Youtube e Facebook.

As diretorias executiva e regionais do sindicato se posicionaram, de forma unânime na quarta-feira (14), contra a decisão de reabertura das escolas no próximo dia 26. A entidade diz que falta menos de um mês para a imunização completa dos trabalhadores da Educação.

A APLB-Sindicato defende que o retorno à sala de aula somente é seguro após a aplicação da segunda dose da vacina em todos os profissionais da categoria e respeitando os controles de biossegurança. 

Os profissionais têm trabalhado de forma remota desde o início da pandemia. "O que falta é o diálogo. O que é mais razoável? Nós voltarmos com todo o gás, toda a energia, sem confusão, ou ceder à intimidação do governador que age de forma unilateral, sem conversar com ninguém, ameaçando cortar salários e suspender os R$ 55 dos alunos, se não voltarem. Estamos todos fragilizados diante das mortes e da pandemia. É preciso bom senso”, criticou o coordenador-geral da APLB-Sindicato, Rui Oliveira.  

A entidade classifica como um “absurdo” as ameaças de cortes de salário dos profissionais da categoria e de benefícios dos estudantes, caso não retornem às aulas presenciais.


Por Bahia Noticias

Postar um comentário

0 Comentários