Subscribe Us

header ads

Com prorrogação do auxílio, governo volta atenções para Bolsa Família

 


Reprodução cidade on


Auxílio emergencial acabaria em julho e, com prorrogação, será pago também em agosto, setembro e outubro; reformulação do Bolsa Família deve valer em novembro



Bolsa Família deve ser reformulado em novembro



Após a prorrogação do auxílio emergencial por mais três meses , o governo federal volta suas atenções para a reformulação do Bolsa Família . Em vídeo públicado nas redes sociais do presidente, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a ideia é que o novo Bolsa Família, que deve ter um aumento de pelo menos 50% no seu valor médio, substitua o auxílio emergencial a partir de novembro .


O governo prepara um novo Bolsa Famíia, mais turbinado, como parte da plataforma eleitoral de Bolsonaro para 2022.


"O ministro Queiroga (Marcelo Queiroga, ministro da Saúde) prevê que em mais três meses tenhamos o controle epidemiológico. O auxílio emergencial vai até lá e aí aterrisamos no Bolsa Família, que o presidente também já determinou que tem que ter um valor substancial para proteger justamente a população mais frágil", afirmou.


O ministro da Cidadania, João Roma, que coordena os pagamentos dos benefícios sociais do governo, também afirmou que o novo Bolsa Família deverá entrar em vigor em novembro.





Petrobras anuncia reajuste em preços de combustíveis a partir desta terça-feira

Petrobras anuncia reajuste em preços de combustíveis a partir desta terça-feira

"Já em novembro entraremos com o novo programa social do governo fortalecido e ampliado para que os brasileiros possam avançar cada vez mais", afirmou.


Por Economia

Postar um comentário

0 Comentários