Subscribe Us

header ads

Professora grávida de cinco meses morre vítima da Covid-19 em MT


Professora grávida de cinco meses morre vítima da Covid-19 em MT




VGN


A professora só ficou sabendo que estava infectada quando chegou na UPA e fizeram o exame

Ft/Reprodução


VGN; Juliana; professora; vítima; Covid-19; Paranatinga

A professora só ficou sabendo que estava infectada quando chegou na UPA.


 


 


A professora Juliana Daletezze dos Reis, 30 anos, grávida de cinco meses, moradora do município de Paranatinga (a 336 km de Cuiabá), morreu no último sábado (17.07), vítima da Covid-19. Ela chegou a ser intubada, mas não resistiu às complicações da doença.


Segundo informações da presidente do Sintep, Subsede Paranatinga, Rosilene Carline, que é tia da professora, Juliana dava aula em uma escola particular do município, e na sexta (16) chegou a ministrar aulas presenciais.


A gestante ao final do expediente mandou uma mensagem de áudio no grupo da família pelo Whatsapp relatando que estava sentindo cansaço e que iria procurar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).


Na unidade de saúde, Juliana foi imediatamente internada e fez o teste da Covid-19, que deu positivo. Durante os exames, a equipe médica identificou o comprometimento dos pulmões. A professora foi então transferida para a Santa Casa de Misericórdia, na cidade vizinha, Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá).


A tia contou ainda, que Juliana não teria tomado a vacina contra o vírus, pois ainda iria avaliar com seus médicos se deveria ou não receber o imunizante. “Infelizmente não teve tempo. Foi tudo muito rápido e a família toda está muito triste com isso”, disse Rosilene.


Juliana Daletezze não tinha comorbidades, era casada e deixa um filho de cinco anos.


Nos comentários, uma pessoa disse que Juliana era professora do seu filho mais velho, e que ele estava de férias desde 08 de julho. " Olha, me perdoem. Ela era professora do meu filho mais velho, e a escola está de férias desde o dia 08.07. Acho que deveriam ter mais cuidado com as informações que são veiculadas na mídia".


Fonte VGN Noticias

Postar um comentário

0 Comentários