Subscribe Us

header ads

Brasil tem 7 milhões de ausentes na segunda dose da vacina

 


Marcelo Queiroga fez

 apelo aos retardatários

 e assegurou que não

 faltam imunizantes

 para a aplicação de reforço

Redação


Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, fez novo apelo para as pessoas que perderam o prazo inicial para a segunda dose da vacinação contra a Covid-19. Segundo o gestor, há 7 milhões de vacinados que não concluiram a imunização como orientam os fabricantes das vacinas.

“Não justifica que as pessoas não procurem a sala de vacinação para tomar a segunda dose da vacina, porque ela não está faltando”, disse. Por indicação do Programa Nacional de Imunizações, a vacina para a dose de reforço é guardada quando ocorre a distribuição dos imunizantes para a primeira dose.

Segundo o ministério, o Brasil conta com 46,1 milhões com ciclo completo – em torno de 21% da população. A primeira injeção foi dada em 107.949.359 habitantes (50,98% do público-alvo), que estão parcialmente imunizados e mais vulneráveis a cepas como o variante delta. Com informações do UOL.


Por Bahia.ba

Postar um comentário

0 Comentários