Subscribe Us

header ads

Bnews Summer: Conheça as canções que devem disputar como ‘Música do Carnaval 2023’

 



Divulgação / Max Haack / Prefeitura de Salvador

O Carnaval de Salvador volta com tudo após dois anos parado por conta da pandemia





Após ser interrompido por dois anos por conta da pandemia do Covid-19, o Carnaval de Salvador está de volta em 2023. Mantido nos percursos Barra-Ondina, Campo Grande, Pelourinho e bairros, o evento já está com a organização a todo vapor para receber os baianos e turistas.


Tradição há anos durante o festejo, canções que são apostas para ganhar o prêmio de "Música do Carnaval" já estão sendo lançadas. Criado pela Rede Bahia de Televisão em 1994, o troféu Bahia Folia é uma premiação que elege a música mais querida pelo público, através de uma votação pela internet e pesquisa popular nas ruas.


Campeões nos anos anteriores, Ivete Sangalo, Léo Santana, Xanddy Harmonia, Claudia Leitte, e as bandas Psirico e Parangolé já divulgaram os hits que estão na boca do povo. Entretanto, uma enquete realizada com os leitores do Bnews, no início da semana, apontou que o pagodão baiano é quem irá dominar a folia.



Qual será a música do Carnaval 2023?


Cria da Ivete - Ivete Sangalo

Bombeiro - Parangolé

Deixa Eu Botar Meu Boneco - Oh Polêmico

Favela Venceu - Léo Santana e Igor Kannário

Mete Seu Cachorro - La Fúria

Vem Jogando Essa Raba - Psirico e Escandurras

Locomotiva - Lincoln

Soca Fofo - A Dama

Potinho - Claudia Leitte e Saulo

Vamo ou Bora - Xanddy Harmonia

Com mais de 50% dos votos, a música “Deixa Eu Botar Meu Boneco”, da banda Oh Polêmico, é a aposta do público para o Carnaval. O hit tem viralizado no TikTok, com milhares de vídeos reproduzindo a coreografia e chegou até em influenciadores famosos como Virginia Fonseca e Zé Felipe.


Outra banda de destaque este ano é a La Fúria, comandada por Bruno Magnata. Sucesso no final do ano passado, “Mete Seu Cachorro” é a aposta do grupo para disputar o prêmio e ser o novo hit do verão. Em entrevista ao Bnews, o artista disse que não liga muito para as críticas que recebe sobre as letras de suas canções.


“Eu tenho aquela coisa né, curte quem quer. A música está aí, a gente tem todo tipo de música no Brasil, no mundo, a gente curte o que a gente quer. O funk mesmo, tem vários funks que eu vejo a galera do TikTok fazer no Brasil todo e não criticam como criticam o pagode”, disse.


Fonte Bnews

Postar um comentário

0 Comentários